momento de viagem

sensações, emoções e imagens por aí!

Diana Krall em Lisboa

Deixe um comentário

Ela vinha e nós fomos vê-la. Ela e mais os seus músicos, incluindo um violinista bem emocionado nos seus momentos de improviso!
Hoje que foi um dia especial para mim, assoberbado de emoções e pensamentos, o concerto de Diana Krall não podia ter sido o seu melhor término! Ela faz-me acreditar que as mulheres podem improvisar na vida e consequentemente no piano, que podemos sonhar alto, que somos capazes de ser bem sucedidas, que se formos persistentes, crentes e fortes, o mundo pode olhar-nos em algum momento da nossa vida, com orgulho e até uma pequenina inveja por termos conseguido chegar mais longe do que a maioria dos humanos! E acima de tudo, que conseguimos ser mulheres de verdade, construindo toda uma vida familiar em casa, ao mesmo tempo que a carreira profissional.
A música mexe comigo, ela persegue-me, eu persigo-a, eu amo-a, eu odeio-a. Tem dias, tem momentos em que só mesmo cansando o corpo nos libertamos um pouco dos pensamentos ridículos em que percebemos que nada disto faz sentido. Ficamos com a sensação que o rumo que estamos a tomar não tem lógica, não é o nosso caminho, está a cansar-nos demais. Massacramo-nos com as nossas falhas, sentimo-nos bem mais frágeis do que aparentamos ser, queremos desistir de sonhos impossíveis, queremos descansar no sofá e olhar as divas como Diana Krall brilhar.
Queremos apagar todas as coisas e pessoas que nos transmitem energia negativa, que não nos apoiam, que nos olham com desdém e não nos conhecem, não são meigos porque nos julgam outro ser que não nós. Dar um pontapé em tudo que nos perturba, lixo lixo que se mete no nosso caminho!
E nós, e nós como brilharemos no nosso mundo? Inspirados pela música quiçá, ou pelo desporto que nos cansa o corpo. Ou então o mar… Mergulhamos no mar e a água fria limpa-nos de tudo. É como se fosse um novo começo e desde então a música voltará a brilhar ao som de Diana Krall e um dia… Ao nosso som! 

Anúncios

Autor: marimaricleta

A Marimaricleta vive entre o céu e a terra. Faz e desfaz malas quase todos os dias. Um dia decidiu escrever umas dicas para viver momentos fora de casa. Geralmente falamos de coisas óbvias e acessíveis a todos, quando viajamos. Lemos guias turísticos, vemos mapas, queremos ir onde todos falam que foram. O segredo das viagens são os momentos, as sensações, o que fica dentro de nós quando voltamos a casa. E são alguns desses momentos que descrevo aqui, para vos incentivar a viver os momentos, a enriquecer a alma, para além do olhar! deniselaranja@gmail.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s