momento de viagem

sensações, emoções e imagens por aí!

Nigerianas

Deixe um comentário

Estou a ficar um pouco preocupada com certas coisas… E por isso, após tentativa de ocupação com arrumações e limpezas de um dos meus bichinhos voadores, decido fazer algo que tenho evitado cada vez mais: ler notícias. Eu sei, sou uma lunática, sou uma ingénua e sou uma hippie que vive no país das maravilhas – dizem vocês.
E não, não é bem essa a realidade. A realidade verdadeira é que me dói falar sempre de coisas negativas, algumas que ainda não aconteceram mas que nos assombram com elas por todo lado, como se todos fôssemos videntes agora!
Hoje estou a sentir. Senti e estou a sentir… Preocupação… E, como digo no início, decidi ler notícias.
As nigerianas. Tinha uma vaga ideia da boa notícia de terem sido resgatadas pelo exército nigeriano ao Boko Haram, um bando de pessoas escuras e islamistas que raptam mulheres e as violam. Li nesta notícia de jornal que entre as quase 700, pelo menos 214 mulheres estão grávidas. Grávidas devido a violações, portanto. Passo a citar algumas palavras da notícia: “Tornaram-me um objecto sexual. Faziam turnos para se deitarem comigo. Agora estou grávida e não sei quem é o pai.” Asabe Aliyu, 23 anos. “Mulheres que se tinham escondido foram atropeladas por carros que avançaram sem saber que elas lá estavam.” Binta Abdullahi, 18 anos. “… mulheres e raparigas raptadas pelo grupo islamista – muitas depois de terem visto executados maridos e filhos mais velhos, no momento do rapto.” “Algumas morreram apedrejadas pelos raptores, outras no fogo cruzado entre islamistas e soldados nigerianos, outras atropeladas por carros de combate ou atingidas pelo rebentamento de minas.” Jornal Público, 5 de Maio 2015, página 27.

E depois disto já estou menos preocupada com a minha vida, definitivamente! 

Não esquecer que somos simples formigas neste planeta… Vamos fazer a nossa pequenina parte enquanto cá andamos, espalhando amor! 

Anúncios

Autor: marimaricleta

A Marimaricleta vive entre o céu e a terra. Faz e desfaz malas quase todos os dias. Um dia decidiu escrever umas dicas para viver momentos fora de casa. Geralmente falamos de coisas óbvias e acessíveis a todos, quando viajamos. Lemos guias turísticos, vemos mapas, queremos ir onde todos falam que foram. O segredo das viagens são os momentos, as sensações, o que fica dentro de nós quando voltamos a casa. E são alguns desses momentos que descrevo aqui, para vos incentivar a viver os momentos, a enriquecer a alma, para além do olhar! deniselaranja@gmail.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s