momento de viagem

sensações, emoções e imagens por aí!

Concerto de Mahler em Frankfurt

Deixe um comentário

IMG_9586 IMG_9595

E eu nem sei como descrever tal sorte, tal alinhamento dos astros, das estrelas, de uma noite, da Lua, de um concerto, de tudo!
Estava em Frankfurt, sabendo que às 20h haveria concerto, a 3ª sinfonia de Gustav Mahler, na Ópera Antiga (Alte Oper). Não iria ter companhia, como é habitual nestas circunstâncias. Mas não, hoje iria mesmo ser um dia diferente. É por isso que, mesmo criando a regra devemos estar abertos à excepção! Fazer de conta que a regra nunca existiu… Fazer de conta que é a primeira vez que alguém, exultando entusiasmo, me diz que quer ir.
E então crio o meu dia em função da noite. São 19 horas em Frankfurt, está frio, um ou outro grau negativo de temperatura. A roupa é potente, mas sozinha não iria ter esta coragem! Falávamos enquanto as pernas seguiam…
Chegados vivos e não muito frios até, dirigimo-nos à bilheteira! E pronto, a notícia fresca que não queríamos ouvir acontece: bilhetes esgotados… Mas a alegria e a vontade impediram-nos de desistir de imediato! Olhámos em volta e percebemos que um ou outro desistentes vendiam bilhetes pelo átrio da entrada, a esperança. Porém, P., o meu acompanhante, foi mais perspicaz e arriscou falar no balcão de entrega dos bilhetes da organização. Depois olhou-me confiante e disse: vem aqui comigo. Segui-o até à bilheteira. Haviam devolvido dois bilhetes que iam agora ser nossos: convites, portanto… Não eram bilhetes, eram convites… Custo zero… Sem pagamento… Dá para acreditar? it’s your lucky day!! , disseram… Fila 9, mesmo pertinho do palco e de todas as emoções e transpirações dos músicos. E das minhas aspirações também, já agora!!
E bem, começado o concerto, esta sinfonia em Ré menor podia ter sido mais harmoniosa, mas dado o seu compositor faz todo o sentido. Os últimos vinte minutos repletos de melodia de cordas, encheram-nos a alma. A sala moderna, com óptimo aspecto e o público muito bem parecido também, apesar de mais maduro do que nós; a fachada da ópera acusa-lhe o nome e no momento final das palmas ninguém se levantou para aplaudir de pé, apesar da emoção sentida!
E eu… Eu ainda a digerir uma sorte tremenda e uma noite única em Frankfurt. Os lugares surpreendem, as pessoas também e o destino ainda mais!

https://www.alteoper.de/

Anúncios

Autor: marimaricleta

A Marimaricleta vive entre o céu e a terra. Faz e desfaz malas quase todos os dias. Um dia decidiu escrever umas dicas para viver momentos fora de casa. Geralmente falamos de coisas óbvias e acessíveis a todos, quando viajamos. Lemos guias turísticos, vemos mapas, queremos ir onde todos falam que foram. O segredo das viagens são os momentos, as sensações, o que fica dentro de nós quando voltamos a casa. E são alguns desses momentos que descrevo aqui, para vos incentivar a viver os momentos, a enriquecer a alma, para além do olhar! deniselaranja@gmail.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s