momento de viagem

sensações, emoções e imagens por aí!

A ilha Phi Phi Lay

Deixe um comentário

IMG_7591IMG_7563  IMG_7578 IMG_7579 IMG_7581

Fomos visitar a ilha Phi Phi Lay num barco a que chamam de “long boat”, com um senhor muçulmano tailandês, que falava um inglês esquisito! Quando se chateava reclamava na língua dele… Sim, chateou-se porque tínhamos receio de partir os pés todos nas pedras ao sair do barco. Ao menos deu-nos papaia para alimentarmos os macacos selvagens ali ao fundo, no meio de um morro. Foi um querido, portanto…
A ilha Phi Phi Lay fica a poucos minutos de barco, é essencialmente rocha e vegetação. Mas eis que pelo meio se encontra uma linda baía, a chamada de Maya Bay, onde foi filmado o filme “The Beach”. Aí há uma praia e um parque natural, onde não chegámos a entrar, pois eu estava concentrada em aprender a fazer snorkling.
Há peixes sim, muitos e bonitos.
O preço da visita a Phi Phi Lay foi 1500 baths, muito provavelmente será caro, mas foi seguro e nós escolhemos os pormenores do roteiro. Deve equivaler a uns 35€. Quero aqui salientar o gesto curioso do senhor do barco quando nele entramos: lavou as nossas havaianas no mar antes de as colocar dentro do barco. Aquilo parece tudo sujo e velho, mas há certos cuidados de que não dispensam, e dentro do barco não há migalha de areia!
Quanto à Maya Bay, é realmente uma experiência única. Ainda se passa por uma cave de “vikings” pelo caminhos (desistiram de viver em sociedade)… É tão bom ver estas coisas para nos fazerem pensar sobre a vida: seria eu feliz vivendo numa cave, no meio do índico? Talvez um dia… Ou não… Mas eles não precisam de dinheiro, não são escravos do dinheiro… Em contrapartida não têm casa, nem roupa de marca, nem carro topo de gama, nem vão jantar àquele restaurante cinco estrelas michelin que custa os olhos da cara, mas que está in.
A sociedade tem muito que se lhe diga… Daqui a uns dias lá estou eu novamente a correr não sei atrás do quê!!! Vikings!!! Caverna dos vikings!!!

Anúncios

Autor: marimaricleta

A Marimaricleta vive entre o céu e a terra. Faz e desfaz malas quase todos os dias. Um dia decidiu escrever umas dicas para viver momentos fora de casa. Geralmente falamos de coisas óbvias e acessíveis a todos, quando viajamos. Lemos guias turísticos, vemos mapas, queremos ir onde todos falam que foram. O segredo das viagens são os momentos, as sensações, o que fica dentro de nós quando voltamos a casa. E são alguns desses momentos que descrevo aqui, para vos incentivar a viver os momentos, a enriquecer a alma, para além do olhar! deniselaranja@gmail.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s