momento de viagem

sensações, emoções e imagens por aí!

As malas do Natal

Deixe um comentário

image

Em época de Natal há dois tipos de pessoas: os que são visitados e os que visitam. É óbvio que me identifico mais com os que visitam, pois hoje ainda é esse o meu papel no meu mundo. No futuro mudará, assim espero.
Portanto hoje que visito, viajo. E… Em sete anos que faço este tipo de visita, percebo que realmente já estou muito batida nisto! Dou por mim a indicar lugares e carruagens no comboio. Ajudo a abrir portas. Reparo que as malas do Natal são sempre maiores, são volumosas e acompanham-se de sacos pequenos do shopping na mão, um em cada mão. Há os gatos e os cães também… Vejo despedidas à porta do comboio, vejo beijos e desejos.
Malas e malas e malas… Sem um único lugar livre em tantas carruagens, e as malas empilhadas à mistura.
Hoje decido ficar-me pela entrada da minha carruagem, observando os outros, esperando que se instalem sem que andem aos encontrões por minha causa. Eles que se entendam, não me apetece estar ali, não me apetece ficar com calor por me movimentar num corredor estreito com mais umas 50 pessoas. Sento-me na minha mala, a minha companheira de viagem, a mais fiel e mais chata de todas as companhias. Quem anda com malas percebe-me, elas não nos abandonam nem nós queremos isso. Mas são um estorvilho que depende de nós!
Ajudo pessoas que passam por aqui perguntando que carruagem é esta e onde está a deles. Mostram-me o bilhete para lhes indicar o lugar, perguntam onde está o bar, pedem ajuda para abrir portas. Desejam, desejam-me bom Natal!
E eu fico aqui escrevendo e observando o movimento da paisagem, a janela é maior e o ar mais respirável aqui.
Dentro de umas horas estarei de visita.
Será a visita do Natal, há que aproveitá-la, pois para o ano pode não haver visita. E se todos pensarmos assim seremos mais felizes hoje, quando estamos todos reunidos! Haja Natal e haja convívio, é do que mais precisamos, é do que mais preciso!!

Anúncios

Autor: marimaricleta

A Marimaricleta vive entre o céu e a terra. Faz e desfaz malas quase todos os dias. Um dia decidiu escrever umas dicas para viver momentos fora de casa. Geralmente falamos de coisas óbvias e acessíveis a todos, quando viajamos. Lemos guias turísticos, vemos mapas, queremos ir onde todos falam que foram. O segredo das viagens são os momentos, as sensações, o que fica dentro de nós quando voltamos a casa. E são alguns desses momentos que descrevo aqui, para vos incentivar a viver os momentos, a enriquecer a alma, para além do olhar! deniselaranja@gmail.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s