momento de viagem

sensações, emoções e imagens por aí!

Beijar o chão em Viena

Deixe um comentário

/home/wpcom/public_html/wp-content/blogs.dir/bf4/37392635/files/2014/12/img_0472.jpg

Duas da manhã… Três da manhã… Quatro!!! Cinco da manhã: que quentinho e que sonho tão bom…
E toca o alarme das 5.40h! Melancolia, sono, muito sono. Hoje é o dia da calma, dos pensamentos sobre a vida, da música sentimental. Hoje não te apetece despertar deste sono branco e leve com coisas vivas. Calma… Vive a melancolia e imagina-te ainda na cama!
Trabalho.
Descolagem.
Recordações sobre a vida lá em baixo.
Agora estás em modo nuvens.
Mas não consegues evitar as nostalgias da vida, certas emoções que te fogem, algumas outras que te afogam insistentemente! Parecem nunca mais desaparecer, são umas chatas!!
Ainda bem para muitos que estas nostalgias lhes passam ao lado. Outras os visitam com certeza. Mas… Quando se repetem coisas, emoções, pensamentos, porra… Cansa!!
Porém, há uma máxima que alguém escreveu, e que muitos a repetem incluindo eu: o importante é que em cada dia da nossa vida façamos algo ou se passe um momento que nos diga que o dia valeu a pena. Pelo menos num minuto que o dia seja feliz, para compensar tudo o resto.
Hoje já tive o momento feliz: beijámos o chão em Viena. Literalmente…
Que bela aterragem em pleno fundo branco… É assim, é como na vida: tudo está branco demais, tudo é tão claro que se confunde com a escuridão, pois nada de vislumbra! E de repente tocamos no chão de forma tão suave, tão amanteigada, tão fofa. Qual branco qual quê… Avista-se terra, avista-se a luz do nevoeiro, há vida, há sol e estrelas, mesmo que não os vejamos agora!
O beijinho do avião em Viena…. O beijinho de bom dia quando a manhã acorda feliz.

Anúncios

Autor: marimaricleta

A Marimaricleta vive entre o céu e a terra. Faz e desfaz malas quase todos os dias. Um dia decidiu escrever umas dicas para viver momentos fora de casa. Geralmente falamos de coisas óbvias e acessíveis a todos, quando viajamos. Lemos guias turísticos, vemos mapas, queremos ir onde todos falam que foram. O segredo das viagens são os momentos, as sensações, o que fica dentro de nós quando voltamos a casa. E são alguns desses momentos que descrevo aqui, para vos incentivar a viver os momentos, a enriquecer a alma, para além do olhar! deniselaranja@gmail.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s