momento de viagem

sensações, emoções e imagens por aí!

Copenhaga num dia e meio

Deixe um comentário

IMG_5894IMG_1826

IMG_8342

Uma sugestão para duas noites em Copenhaga…
Tudo começa antes da aterragem em terras dinamarquesas, quando reparamos que há ventoinhas de energia eólica plantadas no mar. Aterrados ali, pertinho desse mar, entramos num aeroporto confortável, sem ecos e muita madeira no chão. A caminho dos tapetes de bagagem, no corredor das lojas, olhemos para cima à direita: há uma espécie de varanda interior calçada de alcatifa e poltronas grandes, com um ar tão apetecível para beber um chá apreciando os aviões lá fora.

Burocracias de malas e transportes ultrapassados, comecemos a sentir a diferença dos prédios na zona periférica da cidade, com ar muito moderno e estilizado. Não se vêm cortinas nas janelas, ou pelo menos estas são muito raras! Muito vidro…
Estamos mesmo mesmo a chegar ao Inverno, portanto a meio da tarde já escureceu. Assim, o ideal para hoje é ir ao hotel trocar de roupa, agarrar no casaco quente que nos ocupou metade da mala, luvas, gorro e cachecol e prepararmo-nos para um jantar bem aconchegante. Ir ao restaurante Bryggeriet comer carne é sempre uma óptima opção. Os guardanapos de pano aos quadradinhos são pendurados ao canto da mesa.
No fim do jantar vamos tentar ir dar uma voltinha pelo centro de Copenhaga, ir até onde o frio nos levar! Pois o momento de querer entrar em algum bar ou pub beber um chocolate quente (ou um licor bem forte) vai chegar bem cedo…
O resto da noite fica ao teu critério, abstenho-me daqui até ao lindo amanhecer!!!

IMG_5896

IMG_2752

 DSCN6730     IMG_8349

  IMG_8374 IMG_8380

Dia seguinte e único dia completo da estadia:
Acordar cedo…
Aproveitar um bom pequeno almoço no hotel, com comida quentinha e um chá de frutos do bosque ou se preferirmos, o belo do café. Se houver janelas na sala do pequeno almoço, aproveitemos uma delas para apreciar a paisagem ao sabor do breakfast, ou apenas os raios de sol que dali se parecem tão quentes!
Prontos a ir à rua?
Calçado quente e confortável, não esquecer… Falou-se da bicicleta. Eu adorei o passeio que por lá fiz de bicicleta, mas foi no Verão. Há que avaliar o clima e as vontades!

IMG_8400
Eu que gosto sempre de ver as zonas menos prováveis das cidades, claro que vou sugerir uma passagem pelo bairro Christiania, algo peculiar e alternativo! Fica numa zona mais verde, entre águas e árvores.
Há a rua principal e mais central da cidade, com comércio, por onde passámos já ontem à noite. Se a seguirmos sempre, chegamos à zona próxima da água, e já agora podemos ir até à estátua da pequena sereia. Todos se desiludem com ela, mas acho que a piada é saber a sua história: quem inventou a personagem, quem escreveu um conto lindo sobre ela e quem a esculpiu. No regresso passamos próximo da zona de um castelo e até há uma igreja também engraçada.
Para o almoço sugiro o restaurante RizRaz, vegetariano com preços muito acessíveis. E… Vamos deliciar-nos com sabores tão bons e sem carne!! Referência para lá chegar: entre Kompagnistraede a Knabrostraede. Bom apetite!!

IMG_6590
Por fim, está a ficar mais frio e escuro… Chegou o momento de ir aquecer para o parque Tivoli!!! E a partir daqui não posso sugerir nada que não seja aproveitar bem, divertirem-se e depois partilhar a experiência comigo. Nunca lá entrei ainda!
Para jantar, talvez haja algum lugar aconchegante e luminoso ali dentro do parque Tivoli. Se não, continua a haver o mesmo restaurante de ontem ou outro não muito longe, já que o frio ameaça desconforto!
E finalmente o merecido descanso no hotel, após um bom duche quentinho e relaxante!
Dia do regresso a casa: novo pequeno almoço recheado e calórico, e… Há-de sobrar pouco tempo que dê para ir passear mais um pouco, até que tenhamos que ir para o aeroporto de Kastrup! Para o caso de ainda haver tempo, sugiro caminhar para o lado esquerdo ao chegar à avenida principal, perpendicular à rua pedonal do comércio. Ou procurem no mapa onde fica o palácio Fredensborg. Não dá para o visitar no inverno, mas o passeio é agradável. Ou então já que é Natal, que se procure uma feira de Natal para nos deliciarmos com coisas bonitas e dinamarquesas!

IMG_8362
E eis que o passeio chega ao seu fim! Um óptimo vôo de regresso a casa e que a experiência nos enriqueça a alma e mente!

Anúncios

Autor: marimaricleta

A Marimaricleta vive entre o céu e a terra. Faz e desfaz malas quase todos os dias. Um dia decidiu escrever umas dicas para viver momentos fora de casa. Geralmente falamos de coisas óbvias e acessíveis a todos, quando viajamos. Lemos guias turísticos, vemos mapas, queremos ir onde todos falam que foram. O segredo das viagens são os momentos, as sensações, o que fica dentro de nós quando voltamos a casa. E são alguns desses momentos que descrevo aqui, para vos incentivar a viver os momentos, a enriquecer a alma, para além do olhar! deniselaranja@gmail.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s