momento de viagem

sensações, emoções e imagens por aí!

O backpacker

Deixe um comentário

IMG_7598

Acabo de entrar no comboio aqui em Portugal e, na mesma estação que eu, entrou um rapaz com mochila às costas. Está com muito bom aspecto, deve estar fresquinho para mais uma aventura. Ou talvez me engane e vai só deslocar-se até à cidade onde costuma trabalhar durante a semana, ou onde estuda.
De qualquer forma fez-me recordar os mochileiros com quem me cruzei ao longo da minha última viagem. Eu já cansei muitas vezes as costas com mochilas pesadas e desta vez preferi um trolley pequeno para arrastar por aí, de costas livres. Mas fui observando as vantagens da mochila para certo tipo de viagens: andar por caminhos sinuosos com areia, terra, degraus toscos, não dá com mala. De mochila sim, torna-se tudo possível, só temos os pés no chão.
Sinto-me tonta e com a pele ainda quente. Mas consigo perceber que 10 dias longe de casa me devolveram alguma paz, alguma serenidade para observar e saborear as coisas como se fosse a primeira vez.
O mochileiro procura isso no regresso a casa, a meu ver. Parece que quanto mais longe, quanto mais tempo for, melhores serão os resultados. Quando estás lá não percebes muito bem para que objetivo meteste a mochila nas costas, te enfiaste num comboio, num táxi a cair de podre, num avião intercontinental, num hotel rasco e sujo… Pões a mochila no chão, fazendo de almofada para dormir uma sesta entre viagens, reparas que já é o quinto dia que usas aquela t-shirt sem lavar, sentes-te exausto, mas tens de continuar a andar… E só no regresso percebes o que ganhaste com essas experiências que só um backpacker adquire (aprendi esta palavra com o meu amigo João, obrigada!)
Oh, como é bom poder andar sem o relógio no pulso, não nos preocuparmos com o nosso aspecto, cansarmos as pernas de tanto caminhar sem saber bem para onde estamos a ir. É bom, é bom voltar… Ganhamos tanto, tantas energias renovadas, tanta liberdade na mente.
Quando vemos um mochileiro podemos imaginar tudo o que ele vai ganhar: novos olhos, novos ouvidos, novo coração, novas mentalidades, novas ideias, pensamentos, vontades. Nova disponibilidade, nova paciência, nova coragem.
Ganhar, ganhar, ganhar, não perder. Nunca se perde com uma mochila às costas.

Assim de repente, encontrei este site que me parece interessante para quem quiser viajar com a mochila nas costas… É uma revista…

http://www.backpacker.com/

 

Anúncios

Autor: marimaricleta

A Marimaricleta vive entre o céu e a terra. Faz e desfaz malas quase todos os dias. Um dia decidiu escrever umas dicas para viver momentos fora de casa. Geralmente falamos de coisas óbvias e acessíveis a todos, quando viajamos. Lemos guias turísticos, vemos mapas, queremos ir onde todos falam que foram. O segredo das viagens são os momentos, as sensações, o que fica dentro de nós quando voltamos a casa. E são alguns desses momentos que descrevo aqui, para vos incentivar a viver os momentos, a enriquecer a alma, para além do olhar! deniselaranja@gmail.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s