momento de viagem

sensações, emoções e imagens por aí!

Bojo Beach – Accra

Deixe um comentário

IMG_4994 IMG_4916 IMG_4917 IMG_4940  IMG_4976

São uns 15 minutos desde Accra até Bojo Beach. Às 7.30h da manhã, claro… Esta é, talvez, das praias mais próximas de Accra. Pena ter de se pagar 10 cedis para aceder à mesma, é uma concessão. Vá-se lá saber o porquê ou que tipo de concessão é. Talvez se justifique o pagamento pela passagem de barco ao longo de um pequeno riacho para se chegar à praia. São dois minutos de alguma tensão: medo que entre água no barco!
Nunca há muitas pessoas na praia sendo que as poucas que se vêem são nativos de passagem, transportando o seu peixe na cabeça em bacias, ou uns saquinhos de água para beber em casa; ou simplesmente dormindo a sua sesta, qual trabalhador árduo que precisa de um pouco de sombra para descansar. O silêncio é acompanhado pelas ondas agitadas do mar morno e escuro. Isto aqui não é o mar de Miami ou do meu Tarrafal!
Almoçar nesta praia não é boa opção, a melhor coisa que se pode comer é o frango ou galinha do mato, mais concretamente. Com 7up, pepsi ou cerveja, ou água apenas.
Caminhando pela praia em direcção a Este, finalmente encontro um aglomerado de cabanas de palha, plantadas na areia, claro. Como podem seres humanos tão iguais a nós viverem de forma tão tão diferente de nós? Dinheiro? Será que têm tanta necessidade de o ganhar como nós? Não me parece… Assim como não me parece que tenham um ipad para escrever na praia, enquanto ouvem música do seu ipod e fotografam imagens com a sua Canon. Mas acredito que não saibam o que é o stress, nem a solidão. Nem outras coisas mais que nós aprendemos a saber vivendo na cidade. Mas isto oferece algo mágico, algo desconhecido para nós, algo que nos faz parar e respirar.
O melhor momento a viver nesta praia é estar sentado numa cadeira de plástico na entrada do mar, mesmo em frente ao sol, com os pés na água e as ondas como banda sonora. Este momento faz bem, muito bem mesmo….

IMG_4952

Anúncios

Autor: marimaricleta

A Marimaricleta vive entre o céu e a terra. Faz e desfaz malas quase todos os dias. Um dia decidiu escrever umas dicas para viver momentos fora de casa. Geralmente falamos de coisas óbvias e acessíveis a todos, quando viajamos. Lemos guias turísticos, vemos mapas, queremos ir onde todos falam que foram. O segredo das viagens são os momentos, as sensações, o que fica dentro de nós quando voltamos a casa. E são alguns desses momentos que descrevo aqui, para vos incentivar a viver os momentos, a enriquecer a alma, para além do olhar! deniselaranja@gmail.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s